Alex Frantz

Um dos desafios do técnico Picolli no comando do São Luiz na série D

Na temporada 2020, o São Luiz foi um time que marcou muitos gols e também sofreu muitos gols, isso nos jogos antes da parada do coronavírus. Antes da paralisação do futebol, no certame estadual, o Rubro balançou as redes adversários em 11 vezes e levou 16 gols. Curiosamente, dos 11 gols que marcou, 5 foram contra a dupla GreNal(3 contra o Inter e 2 contra o Grêmio). Dos 16 sofridos, 7 foram contra a dupla GreNal(4 do Inter e 3 do Grêmio).

Após a retomada, o São Luiz disputou 4 jogos a levou apenas um gol e de pênalti na derrota de 1 a 0 para o Brasil de Pelotas. Este é um ponto positivo. Porém nestes mesmos 4 jogos, o Rubro fez apenas um gol, na vitória de 1 a 0 contra o São José, algo que preocupa o técnico do São Luiz, Antônio Picolli, que afirma que este é um desafio que terá pela frente. “Isso tem me incomodado sim. Tenho nesta parte ofensiva o meu maior desafio, perdemos jogadores que tinham características mais agressiva ofensivamente, internamente temos conversado sim sobre possibilidades de buscar outro jogador mas não está fácil. Realmente a parte ofensiva tem me preocupado e é onde temos trabalhado um pouco mais, mas não quero perder a consistência defensiva, e em cima do setor ofensivo é que precisamos ajustar”, destacou o técnico Antônio Picolli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: