Alex Frantz

Centroavante Eduardo fala sobre o desafio de defender o São Luiz

Anunciado como reforço do São Luiz para a Série D Nacional, o centroavante Eduardo conversou com a reportagem da Rádio Progresso. Confira:

Alex Frantz: Como foi essa negociação e como você encara o desafio de atuar pelo São Luiz?

Eduardo: Era um “namoro” antigo, eu e Delmar estávamos sempre em contato. É um desejo antigo, eu de jogar no São Luiz e do São Luiz contar com o meu futebol e sempre tinha algum empecilho, mas este ano conseguimos aceitar, eu aceitei o desafio de vestir este manto do futebol gaúcho.

Alex: Historicamente o São Luiz sempre teve camisas 9 que chegaram aqui e deram resposta positiva, qual o tamanho da tua responsabilidade?

Eduardo: O desafio é grande, mas nós que jogamos futebol vivemos de desafios, estou bem preparado e espero corresponder a altura as expectativas, trabalhar muita bem para colocar o São Luiz na Série C o que seria um fato grandioso para o clube.

Alex: Recentemente você teve uma lesão, como foi o processo de tratamento e recuperação?

Eduardo: Tive uma lesão no meio do ano passado, tive complicações no tratamento por não fazer um tratamento adequado e antes da pandemia, já estava praticamente recuperado desde o começo da pandemia, já estava na fase de transição para campo, veio a pandemia, e segui o tratamento e hoje estou totalmente recuperado, não tenho nenhum problema e hoje estou 100% recuperado.

Alex: O que você espera encontrar em Ijuí?

Eduardo: Cara, eu pude sentir a torcida calorosa do São Luiz e naquela ocasião infelizmente contra, perdemos o acesso para o São Luiz em 2017, eu fiquei arrepiado por que a torcida me aplaudiu, estava triste por ter perdido o acesso, mas o ato que me marcou foi a torcida de me aplaudir depois do jogo e depois dali tive desejos de atuar pelo clube. Hoje tenho amigos no clube, Itaqui, Mateus Bolívar, o projeto que me foi apresentado, foi isso que me encheu os olhos para acertar com o São Luiz.

Alex: E a repercussão de que você teria um acerto verbal com o Inter-SM, e o teu processo de recuperação no estádio Presidente Vargas?

Eduardo: Isso. O clube me abriu as portas no começo do ano e desde já agradeço ao presidente Jauri, me deu todo respaldo, todo suporte na minha recuperação, não me deixaram faltar nada e estávamos na expectativa do retorno da divisão de acesso, mas não teve nada de oficial, não se sabe se a competição vai prosseguir e quando o São Luiz entrou em contato eu não pensei duas vezes e abracei a causa. Tinha acordo verbal para a gente de depois de recuperado jogar a divisão de acesso pelo clube, mas essa indecisão foi importante na minha escolha, estou um tempo inativo e tenho meus compromissos, tenho minha contas a pagar, conversei com o presidente e expliquei que estava saindo e estava indo para um lugar melhor, tinha sim a expectativa de jogar o acesso pelo clube, mas preciso honrar meus compromissos, só a pandemia são cerca de 4, 5 meses e eu já estava parado há mais tempo, tenho que colocar comida na mesa, e preciso trabalhar.

Foto: Luverdense EC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: